20 de set de 2011

Aprendi com a Chuva


Depois de tantos anos correndo deitada
Sempre quis saber como cair de pé
Como encharcar pessoas, inundar lugares, irrigar jardins
E ser gelada!

Aprendi com a chuva...

Mas não a esperando passar,
Aprendi me molhando...

Por Fabiola Malta

Um comentário:

Edu Lazaro disse...

Peneira que não vai pro sol não mostra grades de compromisso à luz dos dias e noites a dois: vida.